Início dicas Montar PC – Parte 1.4 – Como Escolher o HD

Montar PC – Parte 1.4 – Como Escolher o HD

12
0
COMPARTILHAR
como escolher o hd
foto: sertecman2009, pixabay

Montar PC: Veja como escolher o HD, como ele funciona e exemplos de aplicações. Você deve escolher o HD pela sua capacidade de armazenamento, olhar se a conexão é compatível com a placa mãe (IDE, SATA…) e o mais importante: “verificar a sua velocidade em RPM (rotação por minuto)”, quanto maior, mais rápido será a leitura e gravação de dados, o que melhora o desempenho do pc. No geral, 7200 RPM já é o suficiente.

Atualmente os computadores estão cada vez mais potentes, os sistemas operacionais requerem mais capacidade para armazenamento e processamento de informações. Por isso temos que escolher com cuidado o modelo de HD condizente com as características de cada componente. Nesse tutorial vamos te ajudar a escolher o HD mais adequado para o seu computador. Confira!

como escolher o hd
foto: sertecman2009, pixabay

Definição de HD:

O HD do inglês Hard Disk, traduzindo (Disco Rígido), nada mais é que a memória física do seu computador, diferentemente da memória RAM que é uma memória volátil, memória de trabalho, o HD é a memória de armazenamento, local onde ficam guardados todos os dados e informações dos programas e arquivos contidos no computador. Atualmente sua capacidade de memória gira em torno de 500GB podendo chegar até 2 TB.

Com escolher o HD?

Você deve escolher o HD por sua capacidade, conexão e velocidade. Você também pode instalar mais de um HD no computador, isso vai depender da quantidade de conexões ( SATA ou IDE) que a sua placa mãe possui.

O primeiro de tudo é ter em mente o quanto de espaço você precisará para as suas aplicações, seus downloads e arquivos. A quantidade de Gigabyte do HD deve suprir essas necessidades. Pense no HD como sendo um pendrive gigante, todos os dados do computador ficam guardados nele, então quanto maior o hd, mais informações você pode armazenar no computador.

Depois de definido o quanto de gigas que você precisa, pesquise por um HD que tenha as conexões compatível com o seu modelo de placa mãe (IDE ou SATA). O padrão utilizado hoje em dia é a conexão SATA, que é muito mais rápida que antigo IDE. Depois disso então é só escolher um hd que tenha uma boa velociade (RMP). No geral, 7200 rpm já é o suficiente. Confira abaixo sugestões para alguns tipos de aplicações.

 

Tipos de aplicação para o HD:

Como abordamos nos artigos anteriores, os computadores podem ser utilizados para as mais diversas finalidades, então para este artigo sobre como escolher o HDseparamos sua aplicação para as três modalidades:

Computadores Pessoais ou Domésticos:

São teoricamente os computadores mais simples. em sua concepção, são utilizados para confecção de planilhas, editores de textos, visualização de vídeos, fotos, acesso de internet, entre outros. Devido ao fato de não precisar rodar programas pesados um HD de 200GB até 500GB pode ser suficiente. Mas isso se você não costuma guardar arquivos muito grandes no computador, como filmes em alta definição, por exemplo.

Computadores Profissionais:

São computadores destinados a tarefas um pouco mais complexas e robustas em relação aos computadores domésticos. São utilizados para rodar programas de edição de imagem, programas de desenho industrial, programas de edição de áudio e vídeo, entre outros. Para essa configuração será necessário um HD mais robusto, algo em torno de 1TB de capacidade.

Computadores para Games :

Os Gamers são fanáticos por jogos ultra pesados, esses jogos ocupam um grande espaço no HD. Atualmente os jogos ocupam em média 20 GB, então um HD com pouco espaço será preenchido fácilmente. Para esse caso recomenda-se o maior HD disponível, de acordo com o seu bolso, talvez um de 1,5TB a 2TB.

Tipos de HD:

O HD pode ser divido por ATA, SATA (Serial ATA) e SAS. Que são tecnologias diferentes para a confecção do produto. Seguem as diferenças:

conexao hd sata e ata

HD ATA :

O HD ATA (antigo IDE), do inglês (Advanced Technology Attachment), é a tecnologia mais antiga ainda encontrada no mercado, sua principal limitação é o baixo desempenho, com taxa de transferência inferior comparando com os outros modelos.

HD SATA (Serial ATA):

O HD SATA, do inglês (Serial AT Attachement), é uma tecnologia usada normalmente em computadores de uso doméstico. Possui uma boa taxa de transferência de dados e desempenho razoável.

HD SAS :

O HD tipo SAS, do inglês (Serial Attached SCSI), se trata de um HD robusto e com um super desempenho se comparado aos outros modelos. É aplicado sempre em servidores de grande porte, não se aplicam aos computadores tradicionais.

HD ou SSD?

HD VS SSD

Um equipamento que está sendo utilizado no lugar do HD é o SSD. Ele é um equipamento muito mais rápido, não faz barulho e consome menos energia. Diferente do HD, ele não possui discos e partes móveis, sua fabricação é semelhante à de um Pendrive. Por não ter partes móveis ele se torna mais resistente em caso de quedas, movimentação e vibrações, sendo ideal para a utilização em notebooks. Olhando assim parece que ele é o equipamento ideal, mas quando comparamos o preço, isso muda radicalmente.

O SSD seria sim o melhor equipamento para guardar os dados no computador, mas além da barreira do preço ele também tem uma menor capacidade de armazenamento se comparado ao HD. Se dinheiro não é o problema, o SSD pode ser uma boa opção. Mas, se você não quer gastar tanto dinheiro assim em um equipamento de armazenamento o HD ainda á a melhor solução.

O HD trabalha com discos magnéticos onde possui uma agulha para fazer a leitura e gravação dos dados. Já o SSD utiliza chips no lugar dos dicos então não precisa de uma agulha para fazer a leitura e gravação dos dados, eles são feitos somente por meio eletrônico o que o torna muito mais rápido que o HD. Para conectar o SSD no computador, utiliza-se a mesma conexão utilizada para o HD (conexão SATA).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

CommentLuv badge