smartphone

Smartphones: O que realmente influencia no desempenho de Smartphones

Smartphones:

De uns tempos pra cá vemos Smartphones cada vez mais potentes e com hardwares cada vez mais incríveis, mas até onde isso quer dizer alguma coisa? Tentarei explicar todos os detalhes que podem decidir o sucesso ou o fracasso de um gadget atualmente.

smartphone
Crédito: tecnologia.uol.com.br

desempenho de Smartphones:  Processadores e arquiteturas

A primeira coisa que normalmente olhamos é sem dúvidas o processador,atualmente os High Ends oferecem processadores Dual core, Quad cores ou até mesmo Octa cores como o Galaxy S4 da Samsung. Mas a quantidade núcleos só interfere significativamente na performance até certo ponto. Um bom exemplo é o próprio Galaxy S4 que recebeu muitas críticas por conta do processador que seria supostamente composto por dois processadores de 4 núcleos cada que não funcionariam em harmonia, ocasionando em uma perda desnecessária de bateria.
Outro bom exemplo para ilustrar isso é o recém anunciado Moto X, da motorola. A arquitetura é diferente, cada um dos seus núcleos processa coisas diferentes, o que possibilita rodar o sistema e fazer tarefas com fluidez.

desempenho de Smartphones: GPU

Os processadores gráficos tem papel fundamental no desempenho, e me arrisco a dizer que é a parte mais importante do conjunto, pois hoje em dia, tudo requer recursos visuais. Normalmente, os gráficos em duas dimensões são feitos pelo processador, mas as vezes, a GPU entra em cena para dar uma forcinha,  e isso é visto no iOS e sua rapidez em processar imagens. Embora os jogos sejam a aplicação mais comum do uso dos processadores gráficos, tudo que é visto na interface de usuário pode ser “desenhado” pela GPU, por isso um processamento eficiente nessa parte pode ajudar muito a reduzir qualquer lentidão.

desempenho de Smartphones: Memórias ROM e RAM

A memória ROM não interfere diretamente no potencial de um aparelho no geral, mas ajuda também. Você já deve ter percebido que quando seu computador fica mais lento quando o HD está cheio, e isso acontece por quê antes de ler o que foi pedido, ele tem que pedir ao processador uma leitura rápida dos outros campos, é como procurar uma página em um livro enorme, é mais fácil achar a página que você deseja em um livro com poucas páginas escritas.
E quanto a memória RAM, essa sim pode decidir o desempenho final, pois ela é como um marca páginas interativo, nela ficam armazenados os programas em execução, inclusive o sistema, portanto uma quantidade maior de memória RAM garante que tenha espaço para todos os aplicativos essenciais funcionarem de maneira correta.

desempenho de Smartphones: “O que ninguém percebe: Sensores”

Pode parecer piada, mas atualmente os maiores vilões do consumo de bateria são os sensores nativos, e eles não só gastam bateria, como o processamento do seu Smartphone.
Apenas um sensor, sozinho e sem companhia não é capaz de atrapalhar muito sua diversão, mas o conjunto pode ser perigoso. Atualmente, os Smartphones vem equipados com Bluetooth, giroscópios, acelerômetros, GPS, sensores de calor, de proximidade, de iluminação, antenas Wifi, em alguns casos NFC e a clássica antena de telefonia, seja ela 3G ou 4G. Todos esses sensores ligados ao mesmo tempo podem diminuir a eficiencia de um Smartphone, por isso ter mais de um núcleo de processamento tem se tornado essencial, a fim de que o processamento dos sensores seja feito por um núcleo enquanto os outros trabalham com o que o usuário demanda.

Não são poucas as coisas que estão ligadas à performance, mas o sistema operacional ainda é o elemento X da mistura, pois quando gerencia bem o processamento, seja de dados ou gráficos, mantém a ordem e entrega uma experiência mais agradável.

1 thought on “Smartphones: O que realmente influencia no desempenho de Smartphones

Deixe um comentário

CommentLuv badge