Ultrabook: Vale a pena comprar um ultrabook?

Ultrabook

Os Ultrabooks tiveram seu início no ano de 2011, quando a Intel liberou uma nova especificação para fabricantes de notebooks, criando com ela uma categoria nova no segmento de computadores portáteis que foram batizados de Ultrabook. Desde então, o conceito tem evoluído em harmonia com as atualizações nos processadores Core, drivers de vídeo, autonomia da bateria entre outros.

ultrabook

Velocidade

Os Ultrabooks possuem o que há de melhor em desempenho, eles vem equipados com CPUs Intel de última geração, repleto de recursos, storage de alta capacidade e teclados físicos de tamanho normal, todos esses atributos fazem deles computadores poderosos. Na prática, qualquer Ultrabook é capaz de rodar os aplicativos mais populares do mercado sem engasgos. Dá até para arriscar alguns jogos sem medo de travar tudo.

Compacto e Leve

ultrabook - leve, compacto e ultrafino

Embora a Intel não estabeleça peso máximo para Ultrabooks, as fabricantes parecem ter chegado a um acordo no que diz respeito a esse importante aspecto do ultrabook. Na última geração de Ultrabooks, nenhum modelo com tela de 13,3″ é mais pesado que 1,75 kg

Em média, um Ultrabook com esse tamanho de tela pesa cerca de 1,4 kg. Você joga ele na mochila e nem sente que está carregando seus trabalhos, músicas, vídeos, sua vida digital em um objeto tão leve.

Configurações potentes

Para ser um Ultrabook, é preciso estar a par com uma exigência de requisitos elaborada pela Intel. A cada geração ela é atualizada com o que há de mais moderna na indústria. Para você, isso garante levar um equipamento atualizado, sem chance de levar para casa algo com especificações antigas.

Na atual geração, a Intel, por exemplo, exige que os Ultrabooks contenham uma porta USB 3.0 ou Thunderbolt, interfaces de transferência de arquivos extremamente rápidas. Outra é a presença de um processador Core.

Com a evolução das formas de integração e transferência de arquivos entre equipamentos, esse ponto não poderia ser deixado de fora. Os Ultrabooks devem ter tecnologia Wi-Di que transmite vídeos do note em TVs compatíveis, sem uso de fios, parecido com o DLNA.

Mais um diferencial dos Ultrabooks, e que também está presente em alguns notebooks, é o armazenamento SSD. O SSD é um tipo de “HD” baseado em memória flash, que funciona em alta velocidade e já funciona em pendrives e cartões de memória.

Durabilidade da bateria

Outro fator importante dos Ultrabooks é a autonomia da bateria, ou seja, quanto tempo ele funciona sem precisar ser ligado na tomada. Agora, segundo a Intel, os Ultrabooks nos dão autonomia de 6 horas de reprodução de vídeo em Full HD, e 7 dias em stand by (quando o note para de processar, mas não desliga completamente).

 

Silencioso

A grande maioria dos Ultrabooks usam os SSDS (Unidades de estado sólido) no lugar dos tradicionais HDs (Disco Rígido). Essa unidades são baseadas em flash e não possuem bandeja giratórias, fazendo com que elas sejam mais rápidas, durem muito mais, e ainda não emitem praticamente nenhum som.

 Reinício Ultra rápido

Por usarem as unidades de SSDS (Unidades de estado sólido), que são muito mais rápidas que os normais HDs, podendo acessar dados com grande rapidez, sendo assim, os ultrabooks podem ser reiniciados em menos de 7 segundos.

Principais Fabricantes de Ultrabook

Aqui no Brasil já existem diversas empresas que disponibilizam modernos Ultrabooks, e as mesmas vem cada vez mais trabalhando para melhorar as funcionalidades e lançar cada vez mais novidades nesse mercado, entre elas estão:

 

  • Dell

  • Acer

  • Asus

  • CCE

  • HP

  • LG

  • Samsung

  • Sony

Vale a pena?

Os ultrabooks são o que a de mais moderno no quesito de computadores compactos, rápidos e potentes. Hoje é possível encontrar os mais baratos por 1.700.00 reais, é uma boa dica para quem quer mobilidade e velocidade ao realizar qualquer tarefa.

Deixe seu COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CommentLuv badge

Email
Print